Menu

ARTIGOS E INFORMAÇÕES SOBRE O MUNDO ONLINE

Como escolher uma empresa para fazer o seu site?

Na web, tanto quanto em outras áreas, a primeira impressão é realmente a que fica. Você já imaginou qual a mensagem que seu site transmite para o publico interessado?

Seja uma loja on line, site de empresa, ou simplesmente um blog pessoal, a escolha das ferramentas certas pode ser a diferença entre a primeira e a ultima posição em um ranking de buscas, por exemplo.

Os profissionais (sim, porque uma equipe se faz necessário para a criação de sites) escolhidos para a realização de um projeto na web é o primeiro passo para uma ação efetiva de inclusão de marca no universo digital.

Mas e aí, como escolher uma agência que corresponda as suas expectativas enquanto cliente para a criação e desenvolvimento de seu site?

O primeiro passo é deixar para trás a idéia de que a criação de um site pode ser feita por qualquer pessoa que entenda minimamente de programação.

Não! Seu sobrinho recém saído do colegial pode até elaborar algumas peças interessantes, mas só um profissional tem embasamento suficiente para lhe dar a diretriz certa, conforme as suas reais necessidades.

No momento da pré-seleção de possíveis agências a se trabalhar, o atendimento disponibilizado é questão de vida ou morte (de sua marca no caso). Se o profissional não lhe trasmitir confiança e e não tiver o entendimento real de mercado web, fuja! Você está a um passo de perder tempo e dinheiro por alguns meses. Especialistas em criação terão respostas claras e objetivas para suas maiores dúvidas, sobretudo se for leigo no assunto.

Como já havia dito no ínicio, a equipe de criação é peça fundamental para o sucesso de sua marca, e precisa contar com profissionais capazes de elaborar estratégias especificas para seu seguimento de atuação. Um plano estratégico elaborado para uma empresa de fast food, pode não funcionar tão bem com uma marca de lingerie!

Além disso, fique atento, pois a entrega do projeto não significa o final da história. Depois de pronto, seu site é como um recém nascido que precisa de cuidados para crescer e se estabilizar no mundo digital. Nessa hora, certamente, você ouvirá muito o termo Gestão de Presença Digital. Não basta estar na web, a manutenção e a atualização periódica com conteúdo de qualidade são essenciais, são como as vitaminas que seu recém nascido precisa para a aprender a caminhar sozinho.

É importante ainda que esse conteúdo esteja alinhado com uma estratégia de marketing, que foi definida lá no começo, e que sua pauta e abordagem satisfaçam o seu público alvo.

Toda essa preocupação com detalhes não é a toa. Mecanismos de busca como o Google rankeam seu site a partir da relevância que seu conteúdo tem na internet. A forma como a programação do site é desenvolvida também é importantíssima para que, através de recursos como tags e palavras-chave, esses mecanismos interpretem e categorizem seu site, para que seja direcionado aos resultados de buscas relacionadas a seu tema de interesse.

O site já está na rede, o conteúdo já está direcionado para seu público alvo?

Ok, então agora é preciso pensar no rankeamento por parte dos buscadores, afinal, ele precisa aparecer bem para que se torne referência. Desde o ínicio do processo de criação, todos os códigos utilizados têm que se encaixar perfeitamente nas exigências que o Google estabelece para que, de forma uniforme, o design, programação e conteúdo, o façam estar sempre nas primeiras posições de buscas.

A entrada de uma marca na internet pode parecer simples, mas como vimos, existem várias questões estratégicas que devemos levar em conta para aproveitar ao máximo essa experiência no ambiente digital. Agências ou profissionais plenamente habilitados a prestar esse serviço devem estar de olho nas inovações, tendências e mercado para prever os possíveis desdobramentos de um projeto na web, e para que possam oferecer um plano de ação amplo e pontualmente alinhado com seu perfil de consumidor.