Menu

PRINCIPAIS NOTÍCIAS SOBRE INTERNET E TECNOLOGIA

30/04/2010

Brasil será o 3º maior mercado de PCs no mundo, diz presidente da Microsoft

Com importância crescente como consumidor voraz no mercado mundial de computadores, o Brasil foi escolhido pela Microsoft para a apresentação mundial da nova versão do serviço de mensagens instantâneas, o “Messenger”. E não foi uma escolha à toa, foi estratégica. Steve Ballmer, presidente do conselho da companhia, que assumiu o comando após aposentadoria do Bill Gates, falou com exclusividade à Globo que o Brasil vai se tornar o terceiro maior mercado de PCs no mundo.

É nas palestras que o estilo do presidente da Microsoft fica mais evidente. O entusiasmo de Steve Ballmer é o sistema operacional mais antigo da empresa, peça fundamental da líder mundial em tecnologia.

Ballmer foi o 24º funcionário contratado diretamente por Bill Gates. Dirigiu praticamente todos os departamentos. Traça as estratégias. Motiva os funcionários. Viaja pelo mundo atrás de oportunidades.

“Cada líder tem seu estilo. Eu sou energético, entusiasta. Acho que estamos fazendo um trabalho fantástico. Somos a maior empresa no ramo da tecnologia da informação. Temos o maior número de usuários de tecnologia da informação. O segredo é oferecer produtos interessantes em mais formatos com um preço mais baixo que o concorrente. É essa a razão pela qual temos 20 vezes mais usuários do que a Apple tem para o Mac”, ensina.

Mercado brasileiro é promissor

Ballmer vê no Brasil uma grande oportunidade. Ele não tem dúvida que o país vai até superar outros países atualmente mais desenvolvidos em tecnologia. Para ele, o mercado de PCs no país do futebol é promissor.

“O Brasil é hoje o quinto ou o sexto mercado de computadores pessoais. Acreditamos que em três anos o Brasil será o número três. Estou convencido disso. Estados Unidos e China continuarão maiores, mas acho que o Brasil vai passar o Japão, a Alemanha e o Reino Unido. A economia está se desenvolvendo rapidamente, e os PCs estão ficando cada vez mais acessíveis. O Brasil é, na verdade, um dos mercados mais quentes quando falamos do uso de tecnologia online para socialização. O número de usuários do Messenger no Brasil é maior do que em qualquer outro país”, afirmou.

Fonte: G1