Fechar

Comunicado Importante

Alerta - Atendimento prioritrio COVID

Devido ao isolamento social em decorrncia do vrus COVID-19 estamos com sobrecarga de atividades oriundas de Lojas Virtuais que esto moldando suas regras de negcio de acordo com este momento crtico.

Por serem requisitos que impactam diretamente no aspecto financeiro destas empresas, estamos priorizando estas questes.

Pedimos desculpas por eventuais atrasos pois nossos colaboradores tambm esto com tempo escasso em virtude da situao atual.

Alerta - Atendimento prioritrio Telefone

Apesar de no ser nada to srio comparado com os problemas de Sade Pblica da pandemia, fomos afetados indiretamente pois nosso telefone fixo operado por um aparelho sem fio e, com o alto fluxo de ligaes recebidas nos ltimos dias, acabou ficando sem bateria e a mesma j no est mais carregando.

Por isso nosso atendimento ficou restrito aos canais de e-mail e Chat de Atendimento Online de nosso site.

Vale lembrar que no possuimos atendimento via WhatsApp e tambm, devido ao momento atual, podemos atrasar um pouco no retorno conforme o senso de urgncia de cada demanda.

Menu

PRINCIPAIS NOTCIAS SOBRE INTERNET E TECNOLOGIA

20/12/2010

Google cria alerta para sites infectados por malware

A Google começa a alertar os usuários sobre a possibilidade de o site apresentado na página de resultados estar comprometido por hackers ou malware.

Agora, sempre que clicar no link de um site possivelmente infectado, o usuário verá um popup que oferece a possibilidade de retornar à sua sessão de navegação anterior.

Se optar por continuar, o usuário poderá acessar o site sem qualquer restrição.

Para determinar se um site está ou não comprometido, a Google irá se basear em sinais que evidenciam tal invasão enquanto realiza o crawl (leitura) das páginas web. A empresa diz que entrará em contato com o responsável pelo site para avisá-lo sobre a possível invasão.

Uma vez verificada a correção do problema, a Google deixará de mostrar o aviso.

O grupo de consultoria de segurança Armorize informou que, na semana passada, um grupo de cibercriminosos infectou com sucesso uma rede de displays (anúncios digitais) da Google e da Microsoft.

No lugar dos anúncios originais, foram exibidos banners que levem o internauta a site infectados com malware.

Teste

Para ver se o recurso funciona a partir de visitantes brasileiros no Google.com, fizermos uma busca por sites conhecidamente infectados e digitamos os domínios na caixa de buscas do site de pesquisas.

Os endereços apareceram na Serp (página de resultados de pesquisa). No entanto, não foi emitido nenhum aviso sobre o perigo da visita - nem no preview do site, nem após o clique no link.

Fonte: IDG Now!