Menu

PRINCIPAIS NOTÍCIAS SOBRE INTERNET E TECNOLOGIA

28/04/2011

Brasil não cumprirá plano de banda larga em 2011

As promessas do governo brasileiro para a ampliação do acesso rápido à Internet no País este ano não serão cumpridas. Segundo a Agência Brasil, o presidente da Telebras, Rogério Santanna, admitiu ontem (27/4)) que a meta do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) de levar a 800 municípios conexão rápida à rede de mundial de computadores em 2011 simplesmente não será cumprida.

Segundo Santanna, isso se deve aos cortes de orçamento sofridos pela estatal. De acordo com a agência, dos 226 milhões de reais que estavam programados para a Telebrás em 2011, 50 milhões estão descontingenciados pelo governo federal. Há ainda 316 milhões do ano passado que já estão empenhados, mas não teriam sido liberados.

“O governo tomou a medida de contingenciamento, natural em início de governo, e isso só interfere no ritmo de implementação”, explica ele. O objetivo do PNBL é ampliar a cobertura do serviço Internet no País, com alta velocidade e preços mais acessíveis, na faixa dos 35 reais.

Pelos planos iniciais, o Brasil teria, no fim de 2011, 1.163 cidades atendidas pela iniciativa, mas o atraso na assinatura de contratos com a Petrobras e a Eletrobras para o uso de fibras ópticas públicas para transmissão de dados já tinha mudado os planos da Telebras. Os contratos com a Petrobras “devem ser assinados nos próximos dias ou no início de maio”. Os acordos com a Eletrobras já foram assinados, mas falta a homologação da Agência Nacional de Energia Elétrica.

Segundo o Agência Brasil, Santanna afirmou que as operadoras de telefonia não têm interesse em oferecer esses serviços de banda larga, pois isso significaria “a perda do serviço de transmissão de voz”. Com acesso à Internet em alta velocidade, os usuários de baixa renda optariam por usar programas que permitem a conversa pela Internet, como o Skype, em vez de fazer ligações por telefone fixo ou móvel, acredita.

Fonte: IDG NOW