Menu

PRINCIPAIS NOTÍCIAS SOBRE INTERNET E TECNOLOGIA

25/03/2014

Mais de 10% dos computadores Brasil ainda usam Windows XP, diz pesquisa

O Windows XP terá o suporte da Microsoft encerrado no próximo dia 8 de abril. No entanto, muitos usuários ainda não parecem ter se preocupado com isso, e continuam utilizando o sistema operacional em seus computadores. De acordo com um estudo feito pela Kaspersky Security Network, 10,8% das máquinas analisadas têm a plataforma instalada - chegando a 12 milhões de PCs em todo o Brasil.

Os números são baseados em dados de usuários de serviços antivírus e de segurança da Kaspersky, tirando-os como amostragem e são bastante relevantes tendo em vista que esta estatística coloca o país em segundo lugar em máquinas que ainda usam o sistema, atrás apenas da Argentina na região.

“Realmente o uso do Windows XP não só depende da migração em si, depende também do ciclo natural da renovação do hardware por parte dos usuários, tanto individuais como empresariais. A maior preocupação é ao nível das PMEs, já que a migração para novas plataformas implicaria em um forte investimento. Além disso, a segurança dos caixas eletrônicos é um problema em todos os países do mundo, já que a maioria ainda roda com os sistemas operacionais Windows XP”, afirmou Dmitry Bestuzhev, diretor do grupo de pesquisa e análises para a Kaspersky Lab na América Latina.

A preocupação da Kaspersky, e de outras empresas de segurança, é de que o fim do suporte ao Windows XP estaria em cerca de 20% das máquinas de todo o mundo, segundo a StatCounter. Isso poderia aumentar o número de casos de ataques: afinal, o sistema ficará obsoleto e vulnerável a explorações feitas por usuários maliciosos.“Sem dúvida, os criminosos criarão exploits para comprometer as máquinas, aproveitando de suas vulnerabilidades. Em outras palavras, os cibercriminosos poderão explorar sem obstáculos qualquer vulnerabilidade no Windows XP ou componentes que encontrarão depois do dia 8 de abril de 2014, e o sistema operacional não terá nenhum patch oficial para detê-los”, completou.

Só a Argentina, com 14,32% de usuários com Windows XP, tem números “piores” do que o do Brasil, com 10,88%, entre os países analisados na América Latina. Colômbia, com 10,48%, Peru, com 10,07% e México, com 7,79%, são os outros. Todos os dados foram coletados durante os últimos 30 dias, entre os meses de fevereiro e março de 2014.

Os dados entre os usuários da Kaspersky são próximos ao que o site StatCounter aponta para o geral do Brasil, no qual quase 14% aparecem utilizando o XP. Levando-se em conta que há 118 milhões de computadores (FGV, 2013) em uso no país, chega-se a uma conclusão de que há cerca de 12 milhões de computadores no Brasil rodando o velho, e agora desprotegido, Windows XP.

Fonte: TechTudo