Menu

PRINCIPAIS NOTÍCIAS SOBRE INTERNET E TECNOLOGIA

27/10/2008

O que os executivos de tecnologia estão dizendo sobre a crise econômica

Framingham - Executivos do Google, Apple, AT&T, IBM e outras empresas de tecnologia comentam as atuais e futuras condições do mercado.

 
Até setembro, a indústria tecnológica dos Estados Unidos parecia distante da desaceleração econômica. Muitas das 20 maiores empresas reportaram ganhos sólidos no segundo trimestre e projetavam continuar crescendo em vendas até o final do ano. Neste momento, Wall Street caiu.
 
A seguir estão as últimas palavras dos executivos das grandes empresas de tecnologia norte-americanas sobre as atuais condições do mercado e a previsão deles para o futuro breve.
 
Chris Liddell, Chief Financial Officer (CFO) da Microsoft, em 23/10:
 
"Estamos nos sentindo extremamente bem em relação à nossa posição competitiva e nossa habilidade em continuar crescendo em TI. Acreditamos que nosso forte fluxo de caixa, linha de produção e estabilidade financeira nos permitirá resistir bem às atuais condições econômicas".
 
Steve Jobs, Chief Executive Officer (CEO) da Apple, em 21/10:
 
"Temos a mais forte linha de produtos da história da Apple, os funcionários mais talentosos e os melhores consumidores. E 25 bilhões de dólares no banco. Podemos ser um pouco atingidos pelas ondas, mas ficaremos bem e mais fortes que nunca quando as águas se acalmarem no futuro".
 
Jonathan Schwartz, CEO da Sun Microsystems, em 20/10:
 
"A Sun e seus consumidores estão vendo o impacto da desaceleração da economia. Acredito estarmos posicionados a oferecer produtos que realmente ajudam os clientes a reduzirem gastos em sua infra-estrutura a partir de sistemas como o Open Storage to Solaris, que oferece um dos sistemas mais eco-eficientes do mercado".