Menu

PRINCIPAIS NOTÍCIAS SOBRE INTERNET E TECNOLOGIA

03/12/2010

94% dos visitantes de lojas virtuais realizam compras on-line no Brasil

Um estudo divulgado pela empresa comScore na quarta-feira (1) revelou que 94% dos consumidores brasileiros que visitam lojas virtuais efetuam alguma compra on-line. Segundo a pesquisa, que analisou a situação do comércio virtual na América Latina, o país possui o maior número de consumidores que se convertem de visitantes para compradores on-line no continente.

Em segundo lugar ficou a Argentina, com 89%, seguida pela Colômbia (84%). Entre aqueles que visitaram sites de comércio virtual na América Latina, 79% dos homens reportaram ter feito uma compra on-line, contra 88% das mulheres.

O estudo contou com a participação de 800 entrevistados do Brasil, México, Argentina, Chile, Colômbia e Peru. A pesquisa concluiu que os comerciantes ainda enfrentam obstáculos em transformar consumidores em compradores virtuais devido a preocupações sobre segurança.

Motivos para não comprar
Entre os entrevistados que visitaram alguma loja virtual mas não efetuaram nenhuma compra, a segurança apareceu como principal preocupação. Para 68% das mulheres, esse foi o principal motivo para a não realização da compra, contra 48% dos homens.

Outro obstáculo às compras on-line está a preferência por comprar de forma física: 38% dos homens e 32% das mulheres reportando isso como motivo. Os consumidores também alegaram que as opções de pagamento oferecidas inibiram sua adesão às compras virtuais (35% de homens, 32% de mulheres),assim como os custos de frete (30% de homens, 42% de mulheres).

Fonte: G1

01/12/2010

Brasil deve ter 40 milhões de assinantes de banda larga em 2010

De acordo com projeções do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia - Sinditelebrasil, o Brasil deve fechar 2010 com mais de 40 milhões de assinantes de banda larga, fixa e móvel, o que representaria um crescimento de 100%, já que em janeiro eram 20 milhões.

O levantamento também apontou que 13,2 milhões são assinantes de banda larga fixa, 20,9 milhões têm celulares 3G e 6,4 milhões são clientes com modems móveis.

Os dados apresentados pelo Sinditelebrasil incluem como assinantes de banda larga consumidores de telefones 3G e smartphones, independentemente de o serviço incluir pacotes de dados.

Até setembro, o faturamento das teles foi R$ 139,8 milhões, que representou um crescimento de 5,4% em relação ao mesmo período do ano passado. As empresas investiram R$ 9,2 bilhões na expansão e na modernização dos serviços.

Fonte: iMasters

25/11/2010

E-mail personalizado com CPF é nova abordagem de phishing

A Karspersky, empresa privada de segurança da internet , alertou nesta terça-feira (23) que usuários brasileiros foram atacados por uma interessante mensagem de phishing na semana passada: a abordagem é feita apresentando o nome completo e o número do CPF da vítima, numa tentativa de legitimar a falsa mensagem, fazendo com que o destinatário acredite na mensagem e clique no link malicioso.

A mensagem usa os nomes e logomarcas dos grandes bancos brasileiros e tanto no campo “assunto” quanto no corpo da mensagem apresenta o nome completo de quem a recebe, além do número do seu CPF.

O CPF é o número que identifica cada cidadão brasileiro perante o governo. O número é muito importante, uma vez que sem ele você não pode abrir conta em bancos, tirar título de eleitor, fazer empréstimos, ter carteira de trabalho ou prestar concursos públicos.

A divulgação do número deve ser controlada, pois são cada vez mais frequentes histórias sobre golpes utilizando este documento, como a do mecânico que teve seus dados roubados por estelionatários, entre eles o número do CPF e ficou com uma divida de R$ 685 mil. A posse desse número possibilita ao criminoso roubar a identidade da vítima e causar diversos prejuízos, ou em outro caso, produzir mensagens personalizadas de phishing como no caso a cima.

Vazamento de Dados

Essa não é a primeira vez que usuários brasileiros são abordados com esse tipo de golpe, que fazem uso de dados pessoais. No ano passado, clientes de uma empresa aérea foram alvo de mensagens maliciosas que mostravam não só o nome completo como também o número do cartão do programa de pontos por fidelidade.

O acesso a esse tipo de informação confidencial, geralmente, é causado a partir de incidentes de vazamento de dados – que podem ocorrer de diversas formas: desde um servidor invadido por cibercriminosos que roubam os dados ou pela perda de notebooks ou pendrives contendo informações corporativas. Infelizmente não existem muitas formas de se proteger, pois quando o usuário se cadastra em um site de comércio eletrônico e tal empresa sofrer um ataque, automaticamente os dados roubados permitem que todos se tornem vitimas em potencial.

No caso do CPF e outros dados do cidadão temos um cenário ainda mais grave, pois esse tipo de informação pode ser facilmente comprada pela internet ou em bancas de camelô.

Portanto, quando receber um e-mail, mesmo que exibindo seus dados pessoais, fique atendo e seja sempre cuidadoso.

Fonte: G1

19/11/2010

Natal de 2010 deve ser 40% maior em vendas pela internet no Brasil

O comércio online deve faturar R$ 2,2 bilhões na temporada de vendas de Natal deste ano, o que representa um aumento de 40% em relação ao Natal de 2009, afirma a empresa de pesquisa de mercado e-bit em relatório divulgado nesta quinta-feira (18).

No ano passado, as vendas online atingiram R$ 1,6 bilhão no período, que vai de 15 de novembro a 24 de dezembro. Cinco anos antes, as vendas do período não chegavam a meio bilhão de reais, encerrando 2005 em R$ 458 milhões.

Ainda de acordo com a consultoria, o tíquete médio do setor deve ficar perto de R$ 370 no período de Natal, sendo que as categorias com produtos mais vendidos devem ser livros, eletrônicos, informática e eletrodomésticos.

O segmento de cosméticos e beleza também deve apurar vendas expressivas, conforme a consultoria. Com o montante previsto para o final de ano, o setor de comércio eletrônico deve fechar 2010 com faturamento de R$ 15 bilhões, afirma a e-bit, 40% acima do registrado em 2009.

"A injeção do 13º salário e os bônus de final de ano estimulam as pessoas a adquirirem mais produtos", disse o diretor de marketing e produtos da e-bit, Alexandre Umberti, em comunicado.

Fonte: G1