Menu

PRINCIPAIS NOTÍCIAS SOBRE INTERNET E TECNOLOGIA

03/08/2008

Blu-ray ultrapassará DVD em três anos, diz Sony

A Sony, uma das principais apoiadoras da mídia de nova geração Blu-ray, afirmou que o formato deve ultrapassar as vendas de DVD globalmente até 2011.

Em uma recente conferência dirigida à imprensa, Tim Meade, vice-presidente da divisão asiática da Sony Pictures Home Entertainment, estimou que, em 2010, para cada 60 DVDs vendidos, 40 filmes em Blu-ray sairão das prateleiras.

O site DigiTimes citou o executivo, que apostou que as vendas do novo padrão em vídeo pularão de 9% no fim de 2007 para 20% em meados de 2008 e para 25% até o fim do ano, graças ao crescimento do catálogo de filmes lançado no formato.

Meade afirmou ainda que o volume de venda de aparelhos tocadores em um ano aumentou quatro vezes entre o público americano e seis vezes entre o público europeu.

Hoje, nos Estados Unidos estão disponíveis 650 filmes em Blu-ray, 122 deles publicados pela Sony.

De acordo com o site Register Hardware, em 2008 já foram vendidos 5 milhões de discos na nova tecnologia.

02/08/2008

EUA querem 'reconstruir' a internet por US$ 350 milhões

Os Estados Unidos pretendem colocar em prática um projeto de “reconstrução” da internet que vai custar inicialmente US$ 12 milhões do governo. Muitos pesquisadores querem repensar a arquitetura da internet, argumentando que apenas dessa forma poderá ser garantida a segurança dos usuários e resolvidos desafios que surgiram desde o nascimento da rede, em 1969.

O projeto pode ser colocado em prática em cinco anos e, até sua conclusão, deve consumir US$ 350 milhões -- o Congresso norte-americano ainda precisa aprovar esse valor. Os US$ 12 milhões iniciais serão usados no desenvolvimento de protótipos dessa estrutura.  

Representando o governo norte-americano, a empresa BBN Technologies está inspecionando o planejamento do projeto que ganhou o nome de Geni (sigla em inglês para Ambiente Global para Inovações na Rede),uma rede na qual pesquisadores poderão testar novas idéias sem impactos à internet utilizada hoje em dia.

Os responsáveis pela iniciativa explicam que o Geni não vai substituir a web. “O propósito é testar diversas idéias de pesquisa em comunicação de dados e sistemas. Conforme essas idéias amadurecerem, podemos adaptar a internet para incorporá-las ou encontrar uma nova infraestrutura de comunicação que seja construída junto com a internet. Qualquer um desses resultados será considerado um sucesso.”

A ênfase, continuam, é em permitir que pesquisadores testem estruturas radicais de rede, de uma maneira muito mais realista do que as possibilidades atuais. As pessoas envolvidas no projeto poderão construir suas próprias versões da internet ou estudar a rede de maneiras impensadas usando o Geni.

Internet ultra-rápida

Para os testes, duas instituições com acesso ultra-rápido à internet vão fornecer acesso aos pesquisadores do Geni.

A Internet2 (consórcio que reúne universidades e empresas) vai contribuir com 10 gbps (gigabits por segundo) de banda larga dedicada, para que os pesquisadores não tenham de usar o tráfego normal de internet em seus experimentos. Já a organização National LambdaRail vai oferecer outros 30 gbps, mas essa capacidade não ficará disponível o tempo todo.

Essa largura de banda é milhares de vezes mais rápida que a conexão de banda larga padrão – seria suficiente, diz a Associated Press, para transferir 30 filmes de alta qualidade simultaneamente.

25/07/2008

Brasil continua sendo o primeiro no uso da web residencial

De acordo com dados do Ibope/NetRatings, em junho de 2008, 22,9 milhões de pessoas usaram a internet residencial. Esse número foi 1% menor do que o apurado em maio deste ano e 26,9% maior do que o registrado em junho de 2007 (18 milhões).

O brasileiro continua a ser o maior internauta residencial, com tempo de navegação de 23horas e 12 minutos por pessoa em junho (36 minutos a menos do que o tempo de maio). Além do Brasil, foram medidos Estados Unidos, Austrália, Japão, França, Alemanha, Itália, Suíça, Espanha e Reino Unido.

No Brasil, as páginas que contabilizaram mais visualizações em junho foram "Viagens e Turismo" (7,4%),"Casa e Moda" (4,81%) e "Educação e Carreira" (4,02%).

24/07/2008

Brasil é líder mundial em envio de spams

Os brasileiros compõem a maior rede de máquinas zumbis (botnets) do mundo com 10,2% dos computadores infectados por códigos maliciosos sem o conhecimento dos usuários.

Em junho, o índice de infecções elevou os PCs brasileiros à marca de principais remetentes de spam da Internet. O dado foi divulgado pela NetOfficer, representante da alemã G DATA, com base nos relatórios do Security Labs.

Em segundo lugar no ranking do envio de spam aparece a Alemanha, com 9,3%. A Itália, com 9,3%, está em terceiro. Em seguida vêm Turquia (8,3%),China (6,6%),Polônia (4,7%),Colômbia (4,6%) e Estados Unidos (4,2%).

O laboratório da G DATA estima que quase 10 milhões de computadores zumbis estejam ativos no mundo. Até junho, os campeões no envio de spam eram Alemanha e Itália.

Os temas preferidos pelos spammers foram estimulantes sexuais (30%),remédios (22%),ofensas (21%),certificados acadêmicos (5%) e software (3%).

A pesquisa é feita com base na análise dos domínios de spams recebidos por computadores protegidos pela G DATA. O Security Labs funciona 24h por dia analisando códigos suspeitos que podem fazer parte de novos vírus ou outras ameaças digitais.